Minha foto
Eu me contradigo? Pois bem, eu me contradigo. Sou vasto, contenho multidões. (W.Whitman)

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Amanhecer.

Lentamente se calam os açoites.
Não vergastam mais minh'alma insana
as lufadas gélidas de ventos árticos.

Brisa mansa, cálida luz
envolta em nuvens de algodão.
Aos meus olhos se abre no infinito,
ainda baços de lágrimas pretéritas,
rasgo de esperança sobre denso manto negro.

E meu coração se inflama
e geme, e ri
grita jubiloso, braços abertos, grilhões partidos
olhar atento, na nesga de luz,
e as nuvens de algodão,
e as narinas inflamadas
sorvendo num hausto o odor da esperança,
aguarda,
dois mil tambores no peito,
o pleno descortinar da manhã.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

É sempre um prazer receber amigos.
Imensamente agradecido por sua visita.
Flavio Dutra.