Minha foto
Eu me contradigo? Pois bem, eu me contradigo. Sou vasto, contenho multidões. (W.Whitman)

sábado, 2 de novembro de 2013

Hoje minhas gengivas sangram no calor da noite
e odeio as preces que meus lábios podem proferir.
O asco me invade ao ver o sorriso odioso no rosto do vizinho
ao passar por mim todas essas manhãs ensolaradas
e percebo que de fato me cansei do planeta medíocre em que habito.

A hora da partida é um incógnita.
Não posso chamar, pois é incerto se serei ouvido.
Me canso da espera quando sinto que o dia renasce
e um cansaço profundo prostra-me a alma numa alcova suja.

Mais tarde, pondo meu chapéu de abas largas e cor preta
sairei às ruas para mais um dia de cordiais cumprimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É sempre um prazer receber amigos.
Imensamente agradecido por sua visita.
Flavio Dutra.